Chicletes: Vilões ou Mocinhos?

Chicletes fazem mal aos dentes?

Ao contrário do que se pensa, mascar chicletes poder ser um ato saudável. Quando mascamos o chiclete, as glândulas salivares são estimuladas a produzirem saliva em maior quantidade. O aumento do fluxo salivar favorece a limpeza de resíduos alimentares dos dentes, além de neutralizar o pH bucal com maior rapidez, diluindo ácidos provenientes da dieta e produzidos pelas bactérias causadoras da cárie dentária.

Então quer dizer que eles fazem bem?Chicletes: Vilões ou Mocinhos?

Antes de tudo, é importante compreendermos que a cárie dentária é uma doença infecciosa multifatorial, dependente da presença de bactérias bucais específicas e da frequência de consumo de açucares fermentáveis. O açúcar refinado (sacarose) é considerado o principal componente da dieta cariogênica. Assim, apenas gomas de mascar livres de sacarose e que utilizam adoçantes seguros são inofensivas e podem ajudar na prevenção da cárie. Além disso, seu uso não dispensa a necessidade da higiene bucal com escova, dentifrício e fio dental.

Estudos vêm sendo realizados com o objetivo de encontrar substitutos que evitem os efeitos indesejáveis dos açucares, principalmente da sacarose. Hoje, adoçantes alternativos já são empregados em gomas de mascar, como o xilitol.

O que é o xilitol?

Xilitol é um adoçante natural encontrado em plantas, frutas e vegetais. Ele é tão doce quanto a sacarose, porém com um terço a menos de calorias e com a característica de não favorecer o desenvolvimento da cárie. Por não ser fermentado em ácido por praticamente nenhum dos microorganismos bucais, seu consumo não leva à queda do pH da boca e do biofilme dentário (placa bacteriana) evidenciando a desmineralização dos dentes. Além disso, o xilitol tem a capacidade de diminuir a concentração das bactérias do biofilme e de alterar a sua composição, formando um biofilme menos aderente, de fácil remoção pela escovação habitual dos dentes. É importante ressaltar que seu uso não dispensa a higienização e que seus efeitos em longo prazo na incidência de cárie ainda necessitam de maiores estudos. Além do xilitol, outros compostos vêm sendo incorporados aos chicletes pelos seus fabricantes com o objetivo de combater a cárie dentária e suas consequências, como o Recaldent.

O que é o Recaldent? Como ele age?

Recaldent é como foi batizado o complexo fosfopeptídeo da caseína – fosfato de cálcio amorfo-, uma proteína de leite que foi isolada e patenteada por uma equipe de pesquisadores da Austrália. Essa proteína auxilia na reincorporação de minerais ao esmalte dentário.

O recaldent oferece um reservatório de cálcio de fosfato que irá atuar na remineralização do esmalte dentário após ele ter sofrido desmineralização. O composto tem mostrado em pesquisas laboratoriais a capacidade de reincorporar ao dente sua estrutura mineral perdida após a agressão pelas bactérias em lesões incidentes de cárie dentária.

Então não há restrições para o uso de chicletes?

Mesmo com os benefícios promovidos pelos chicletes, é imp
ortante se acautelar quanto ao seu consumo excessivo. Mascar chiclete, sobretudo entre os jovens, pode acabar se transformando em um hábito, difícil de ser administrado posteriormente. Além disso, os efeitos do ato de mascar goma sobre a articulação, têmporo-mandibular, embora moderados podem se agravar com o tempo.

 

 

 

Say something

Your email address will not be published. Required fields are marked with a grey bar.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>